Arquivo do autor:Bruno Graziano

Sobre Bruno Graziano

Produtora de cinema e audiovisual.

Francisco Luccas e o nacionalismo do pornô

O proprietário do Cine Windsor e do Cine Dom José, Francisco Luccas, defende que o público na época queria ver o seu próprio rosto, a sua própria pele e a sua própria língua nas telonas. E fora esse sentimento de … Continuar lendo

Publicado em Entrevistas | Deixe um comentário

Débora Muniz e a indústria da Boca do Lixo

A ainda bela musa da Boca do Lixo, Débora Muniz, compara as condições da produção cinematográfica carioca e paulista. Apaixonada por sua época, defende a garra dos produtores residentes no centro de São Paulo e afirma: “Nunca pisei na Vila … Continuar lendo

Publicado em Entrevistas | Deixe um comentário

Rubens Ewald Filho e a teoria da puta

“O cara do Oscar”, como é popularmente conhecido o crítico de cinema Rubens Ewald Filho, emana de uma forma inspirada e polêmica sua teoria sobre o fracasso das musas brasileiras da Boca do Lixo na continuidade de suas carreiras. Sem … Continuar lendo

Publicado em Entrevistas | 1 comentário

Cláudio Cunha e o “pôr no deles”

O querido e bem humorado cineasta, Cláudio Cunha, conta sobre o preconceito que enfrentou junto de outros diretores, incluindo Raffaele Rossi, de “Coisas Eróticas”. É que todo mundo classificava as obras da Boca sempre com o prefixo “porno”. E daí … Continuar lendo

Publicado em Entrevistas | Deixe um comentário

André Barcinski e as trilha chupadas

O jornalista da Folha de São Paulo, Andre Barcinski, dá seu relato sobre o curioso processo de escolha das trilhas sonoras da pornochanchada e fundamenta toda essa deliciosa picaretagem com a cultura cinematográfica da época. A entrevista foi dada gentilmente … Continuar lendo

Publicado em Entrevistas | Deixe um comentário

Walmir Dias e a montagem do explícito

O montador de “Coisas Eróticas”, Walmir Dias, conta como foi montar o primeiro pornô do Brasil, fala do medo de ser preso e revela que se imaginava no lugar do ator nas cenas mais picantes. O papo, gravado no antigo … Continuar lendo

Publicado em Entrevistas | Deixe um comentário

Vânia Bonier e o chicote

A atriz mais audaciosa de “Coisas Eróticas” conta como desceu o chicote nos colegas de cena durante o primeiro swing do nosso cinema. A conversa, gravada na parte externa de um hotel, divertiu Vânia Bonier e a levou de volta … Continuar lendo

Publicado em Entrevistas | Deixe um comentário

Jussara Calmon e a saudade da Boca do Lixo

A musa de “Coisas Eróticas” nos contou, em Copacabana, no Rio de Janeiro, o susto que tomou recentemente ao chegar na Rua do Triumpho e se deparar com traficantes na Cracolândia, região onde funcionavam as principais produtoras da Boca do … Continuar lendo

Publicado em Entrevistas | Deixe um comentário

Laerte Callichio e os cinemas esporrados

O diretor de uma das histórias de “Coisas Eróticas” e roteirista do primeiro pornô conta o que acontecia no cinema enquanto o público conferia a sacanagem na telona. Laerte ainda fala do diálogo marcante entre dois homens gravadas na Praia … Continuar lendo

Publicado em Entrevistas | Deixe um comentário